Chico Buarque

Saturday, July 15, 2006

Livros e composições

Em 1965, a pedido de Roberto Freire, diretor do TUCA, Teatro da Universidade Católica de São Paulo, Chico musicou o poema Morte e Vida Severina, de Jõao Cabral de Melo Neto, para a montagem da peça.
Em 1966 fez seu primeiro trabalho para cinema compondo as canções para o filme Anjo assassino de Dionísio Azevedo. Como ator, participou de garota de Ipanema, de Leon Hirzman (1967); Quando o carnaval chegar, de cacá Diegues (1972) - para o qual compôs diversas canções de organizar as peladas nos intervalos da filmagem ; no documentário; Certas palavras(1980 - sobre sua vida), de Maurício Beirú; Ed Mort, de Alain Fresnot (1986); e O mandarim, de Júlio Bressane(1995).
Escreveu os roteiros de Os saltimbancos trapalhões, de J. B. Tanko (1981) e Ópera do malandro, de Ruy Guerra (1986). Sua música Samba do grande amor é o tema de um dos quatro episódios do filme Veja esta canção, de Cacá Diegues (1996). Compôs para o cinema brasileiro algumas dezenas de canções.

O primeiro livro de Chico Buarque, publicado em 1966, trazia os manuscritos das primeiras composições e o conto Ulisses, e ainda uma crônica de Carlos Drummond de Andrade sobre A Banda. Em 1974, escreve a novela pecuária Fazenda modelo e, em 1979, Chapeuzinho Amarelo, um livro-poema para crianças. A bordo do Rui Barbosa foi escrito em 1963 ou 1964 e publicado em 1981. Em 91, publica o romance Estorvo e, quatro anos depois, escreve o livro Benjamim, também um romance.

0 Comments:

Post a Comment

<< Home